Online, Cialis, Antibiotics, Palco, Pills
Erro
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
Skol Beats 2008 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernanda Leão   
Seg, 01 de Dezembro de 2008 17:57

Um novo desafio à frente...

Armin Van BuurenQuem viu as 8 edições anteriores do Festival qu e

balançou as bases da cena eletrônica - e conferiu o Skol Beats deste ano - deve estar se fazendo a pergunta: “E agora?”. Acertadamente, a produção do evento fez um Festival sob encomenda: o público escolheu atrações e, no final, as 15 mil pessoas que passaram pelo Anhembi não tinham do que reclamar. Mas a pergunta fica no ar simplesmente porque ficou a nítida impressão que a “festa”, sem o “over” de sempre, não foi a mesm Cialis pharmacya. Em 2007, a vibe já tinha meio que evaporado. Agora, talvez num momento de transição da cena (ou um número exagerado de festivais e superfestas assolando nosso país mensalmente), nomes como Armin Van Buuren, Dubfire e Marky não enlouqueceram fãs.

O holandês #1 até que comandou bem a galera do Palco Skol Live e deixou todos animados para a ótima live de Gui Boratto na manhã de domingo (28/set). Na madrugada, a dupla sueca – Steve Angello e Sebastian Ingrosso – fez a alegria dos “House maniacs” na tenda SB com direito a peak time na execução do tune “Man With The Red Face”. Ali, Dubfire tinha feito umDubfire long set que só ficou Progressivo mesmo nos 20 minutos finais (foi pouco). O francês Agoria (do hit “Baboul Hair Cuttin”) entrou muito cedo (22hs) e passou batido. VPXL buy on line Nessa tenda, quem fechou em grande estilo foi Murphy com seu clássico set de altíssimo BPM.

Duas atrações do Palco principal eram muito aguardadas: Justice e Digitalism.

Cialis pharmacy A primeira delas foi bem, porque tinham inclusive uma parafernália de amplificadores Marshall (só de figuração) no palco junto à uma enorme e iluminada cruz. “Waters of Nazareth” e a poderosa “D.A.N.C.E.” deram o recad o da dupla francesa.



Confira a matéria completa
na edição 148 da Revista DJ Sound

ou faça sua assinatura!

Última atualização em Qua, 03 de Dezembro de 2008 18:16