Plugins, Cialis, Online, Pharmacy, Linea
 

Publicidade Interna

Banner

Inscreva-se em nosso CANAL no YouTube

DJSound-Tube2

>> youtube.com/djsoundmag <<

Home Studio Technology Capítulo Final do Faça seu som Brilhar no Studio Technology 152
Erro
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
Capítulo Final do Faça seu som Brilhar no Studio Technology 152 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernanda Leão   
Ter, 21 de Julho de 2009 15:00

Bem amigos, vamos finalizar as dicas para você dar “up” em suas produções. Nas edições 148 e 149 falamos do sistema (sua workstation), softwares, plug-ins,

samplers, synths, masterização e deixamos para este capítulo final os detalhes que podem fazer a diferença na finalizaçã o de suas tracks. VPXL buy on line Vamos lá.

Dica 8:
Invista em plug-ins de efeitos baseados em DSP !!!  
Resultados com qualidade profissional no estúdio se tornaram muito fáceis de conseguir, mesmo com baixos orçamentos, graças ao fato de que a maioria das gravações e mixagens agora sã o feitas n o computador. Claro, existem inúmeras vantagens de trabalhar assim, como por exemplo recall de automação instantânea, inúmeras trilhas e a possibilidade de rodar vários e vá rios plug-ins.

Porém, mesmo com computadores super potentes, todos esses processos acabam por pesar no seu

computador. Para melhorar sua situação e realizar mixes que superam a capacidade do seu PC, muitos fazem “bounce” da trilha processada e desativam a trilha original cheia de plug-ins para liberar recursos, porém essa não é a maneira ideal de se trabalhar, porque você pode querer mudar algo depois, certo ?

A única alternativa real ao bounce das trilhas é rodar os plug-ins enquanto ouve sua mix.

Cialis pharmacy Isso como sabemos, exige muito uso da CPU, e em muitos casos, mais do que o computador pode dar. Cialis pharmacy É aí que entram os plug-ins baseados em DSP, que rodam usando o processamento de sua própria placa, aliviando a CPU para outras tarefas (como já foi dito em uma matéria anterior), permitindo que você use muito mais plug-ins que sua máquina sozinha não agüentaria.

Nesse seleto clube, destaco a série UAD da Universal Audio; a série TC Powercore da TC Electronic, o Duende da SSL e o Liquid Mix da Focusrite (todos eles já falados anteriormente nessa coluna).



Confira a matéria completa na
edição 152 da Revista DJ Sound
ou faça sua assinatura!

 

Revista Digital Online

Conecte-se

Busca no site

Mídia: Mag / Portal

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

STUDIO TECHNOLOGY - Rodolfo Sabino

Sobre o Autor
 
Rodolfo Sabino a.k.a. DJ Pelé começou sua carreira de forma inusitada aos 16 anos, sendo convidado para discotecar em uma casa noturna simplesmente porque um dia não pode emprestar seus discos para um amigo DJ, como sempre fazia. Para não correr mais esses riscos, o dono da discoteca convidou-o para ser DJ, iniciando assim uma história de sucesso.
De lá pra cá, já deixou sua marca em muitos dos mais conhecidos clubs e festas de São Paulo e do Brasil dos anos 80, 90 e 2000, como Columbia, Picasso, PHD, Onu, Limelight, Infinity e Ibiza, entre outros, além de rádios como 97 FM, Metropolitana FM e web radios internacionas, como a Code FM da Inglaterra.
Atualmente é residente aos sábados na Limelight, onde toca sempre o melhor dos anos 70,80, 90 e da Dance Music, além de tocar como convidado em várias outras casas noturnas.
E mais do que antenado nas novas tecnologias, o DJ Pelé faz uso do Final Scratch, tendo armazenado em seu computador mais musicas do que poderia levar em cases de Vinil e CD, mantendo ainda o charme dos anos 70, 80 e 90 que é mixar com discos, que foi como ele aprendeu a tocar.