Online, Cialis, Alguns, Equipamentos, Dicas
 

Publicidade Interna

Banner

Inscreva-se em nosso CANAL no YouTube

DJSound-Tube2

>> youtube.com/djsoundmag <<

Home Studio Technology Studio Technology está de volta na DJ Sound 155
Erro
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
Studio Technology está de volta na DJ Sound 155 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Rodolfo Sabino   
Qua, 13 de Janeiro de 2010 14:21

Olá amigos! Estive ausente algumas edições devido a alguns problemas pessoais, mas estamos de volta com um assunto que foi tema de muitos emails que tenho recebido, os quais perguntam o que é importante ter em um home estúdio.

Hoje falaremos sobre de dicas de compras para equipamentos úteis, como interfaces de áudio, monitores de referência, microfones e tudo mais necessário para que seu som

seja top, assim como suas produções. Neste primeiro artigo, abordaremos dicas de compras, e no próximo artigo, indicarei alguns equipament os para os mais diversos bolsos.

Microfone:
Vocês podem estar me perguntando – “pra que microfone em um estúdio de produção de música eletrônica?” - mas a um certo momento, mesmo que você vá gravar a voz num estúdio profissional, sempre será necessária uma guia, para que o vocalista possa se basear quando for gravar aquela tomada de voz perfeita. Minha sugestão é que ele seja condensador (existem muitos microfones condensadores de ótima qualidade e baixo custo) e minha dica é: vá à loja, peça para o vendedor lhe mostrar as opções; e teste-os com um bom headphone ligado a uma mesa de som. Cialis pharmacy Faça sons do mais grave ao mais agudo e ouça como eles lhe soam no fone, nã o em caixas de s VPXL buy on lineom. Quanto mais fiel lhe parece, melhor o microfone é, pois cobrirá o espectro sonoro em mais freqüências. Sem contar que pode ser útil para samplear sons diversos que não se acham em pacotes de samples, o que tornará sua mú sica mais personalizada. Cialis pharmacy



Controlador MIDI:
Este equipamento depende mais do seu orçamento do que de qualquer coisa por conta dos extras que oferecem, mas, via de regra, opte pelos de ao menos 49 teclas e que tenham tecla pesada e sensibilidade, pois isso fará com que suas notas musicais não saiam todas com o mesmo volume, dando uma sensação natural sonora, e não algo pré-fabricado padrão.

Essas foram algumas dicas para compra de equipamentos, na próxima edição indicarei alguns equipamentos para estúdios de três níveis, do iniciante ao expert, passando pelo padrão.
Qualquer dúvida ou sugestão, meu email é Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


Confira a matéria completa
na edição 155 da Revista DJ Sound
ou faça sua assinatura!

Última atualização em Qui, 28 de Janeiro de 2010 15:05
 

Revista Digital Online

Conecte-se

Busca no site

Mídia: Mag / Portal

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

STUDIO TECHNOLOGY - Rodolfo Sabino

Sobre o Autor
 
Rodolfo Sabino a.k.a. DJ Pelé começou sua carreira de forma inusitada aos 16 anos, sendo convidado para discotecar em uma casa noturna simplesmente porque um dia não pode emprestar seus discos para um amigo DJ, como sempre fazia. Para não correr mais esses riscos, o dono da discoteca convidou-o para ser DJ, iniciando assim uma história de sucesso.
De lá pra cá, já deixou sua marca em muitos dos mais conhecidos clubs e festas de São Paulo e do Brasil dos anos 80, 90 e 2000, como Columbia, Picasso, PHD, Onu, Limelight, Infinity e Ibiza, entre outros, além de rádios como 97 FM, Metropolitana FM e web radios internacionas, como a Code FM da Inglaterra.
Atualmente é residente aos sábados na Limelight, onde toca sempre o melhor dos anos 70,80, 90 e da Dance Music, além de tocar como convidado em várias outras casas noturnas.
E mais do que antenado nas novas tecnologias, o DJ Pelé faz uso do Final Scratch, tendo armazenado em seu computador mais musicas do que poderia levar em cases de Vinil e CD, mantendo ainda o charme dos anos 70, 80 e 90 que é mixar com discos, que foi como ele aprendeu a tocar.