Eventos, Lounge, Electro, Rocha, Festas
 

Publicidade Interna

Banner

Inscreva-se em nosso CANAL no YouTube

DJSound-Tube2

>> youtube.com/djsoundmag <<

Home X-Ray DJ X-Ray DJ Igor_R da Label Party ELECTRO LOUNGE, e seus detalhes
Erro
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
  • Unable to load Cache Storage: utf-8
X-Ray DJ Igor_R da Label Party ELECTRO LOUNGE, e seus detalhes PDF E-mail
Escrito por Ricardo Sarmiento   
Seg, 30 de Julho de 2012 19:15

• Aqui voce vai conhecer um pouquinho mais da carreira do DJ e Produtor de Eventos - IGOR ROCHA , diretamente de Volta Redonda !

Com mais de 17 anos no mundo das mixagens e dedicados somente a House Music, o DJ Igor_R é idealizador de uma das festas de maior referência na região sul do estado do Rio, Electro Lounge.

Com dedicação total ao fortalecimento de sua marca, o dj e produtor artístico realiza diversos eventos com o objetivo sempre de difundir a house music e assim conquistar seu espaço.

Em 4 anos do Electro Lounge, parcerias com o grupo Pacha foram feitas em seus eventos e ja tocou em diversos camarotes e festas de grande porte da região, obtendo assim uma ótima visibilidade e mídia expressiva nesses eventos.

Como na maioria das vezes, o DJ toca somente em seus próprios eventos, Igor Rocha tem se dedicado hoje ao warm-up, pois acredita que a pista precisa ser fortalecida no inicio de cada evento e seu som preferido (Nu Disco e Deep House) funciona nesses casos, mas como todo bom profissional, o DJ tem sons para todo o periodo das festas !!

DJ Igor_R, DJ de HOUSE MUSIC e suas vertentes !! vamos lá ao bate-papo!


Igor Rocha - DJ e Produtor de Eventos Igor Rocha DJ, Conte-nos sobre o início de sua carreira?

Minha carreira como DJ deu-se inicio no início dos anos 2000, mas a música está presente em minha vida desde minha infância, meu primeiro disco de vinyl foi Hack – Information Society, mas confesso que pedi pra mamãe pela capa, por que adoro carros..rs

Desde então, o interesse pela dance music foi aumentando, ouvia os programas voltados para o estilo gravando k7s e buscando sempre novidades, perdi a conta de quantos k7s ainda tenho, e quantas noites andei pendurando fios no telhado de casa buscando sinais de FMs do  Rio de Janeiro, como a extinta RPC FM .

Em 2005 comecei a produzir meus próprios eventos, pois a dificuldade de ser inserido no mercado era muito grande, assim conseguia reunir amigos e a coisa começou a tomar proporção.

Reuniamos uma media de 300 pessoas nas PVTs realizadas em Barra Mansa, Volta Redonda e Resende, a partir dessa epóca que resolvi me interessar na produção dos eventos e iniciar minha carreira profissional, pois antes disso, tudo não passava de hobby.

Qual (ou quais) apresentação foi mais marcante?

Sempre que assumo os decks, acho que aquela ocasião será sempre a melhor de todas, pois a sensação de fazer pessoas felizes é maior que tudo, cito algumas que são inesquecíveis até hoje, a festa ArmoniA White Party, segunda edição com a DJ Mary Olivetty onde LOTAMOS e FECHAMOS a porta da casa.

A edição de 2 anos do Electro Lounge, em um CLUBE (não Club) onde alcançamos um belo público e na edição de lançamento do CD PACHA BRAZIL, que dividi os decks com o DJ da pacha ibiza Juan Diaz também foi muito gratificante e por úlitmo a festa de aniversário do Electro Lounge na Pullse Club, onde toquei junto com meu amigo Felipe Costa, nessa festa trouxemos o DJ Marcelo CIC para participação especial.

Igor Rocha DJ, como você visualiza o atual cenário eletrônico?

Analiso em constante crescimento, uma pena que em nossa região os eventos de e-music ainda não são reconhecidos e acho uma pena pessoas saírem daqui para curtir festas ao longo do Brasil e falarem que são as melhores festas e tal.

Existe um certo preconceito  por aqui, sendo que realizamos festas de grande porte e com grandes artistas e parte do público não valoriza isso.

Sempre nos preocupamos em realizar festas de primeira, desde a produção dos flyers, produção de spots para as rádios, contratação dos artistas e principalmente escolha de repertório.

Acho e tenho certeza que o mercado ainda tem muito a crescer por aqui, afinal nosso país lá fora é referência.

Igor Roca DJ você vê a crescente da nova geração no mercado da E-Music?

Acho que a nova geração precisa saber que, ser DJ não é tão simples, não são “mil maravilhas” como muitos acham e o mercado precisa ser mais exigente.

Mas acho que os produtores e donos de clubs, precisam ainda mais de conhecimento e não contratar um DJ pelo seu numero de amigos em rede social. Rostinho bonito enche casa, sets gravados com um artista por traz do setup fazendo figuração também, mas qualidade e conhecimento fazem a noite ser ainda melhor.

Ver o trabalho sendo executado, parar do lado e ver o cara mixar na hora, improvisar, surpreender a pista. Tocar Avicii, Guetta, SHM é fácil e impolgante..rs...

Ser DJ não é só isso, o DJ tem que saber abrir um evento e fechar com chave de ouro,  saber do seu lugar, acho que warm-up  bem feito é crucial para o desempenho da noite, uma pena que muitos querem aparecer mais que outros.

Igor Rocha, comente um pouco de Sonar, Armonia, Electro Lounge, todos São label’s Party ao qual você é responsável, como surgiram essas parcerias e nascimentos desses eventos?

O projeto Electro Lounge que teve inicio em 2008 foi crucial para o nosso desenvolvimento na cena regional, o foco do projeto sempre foi difundir ao máximo qualidade musical em nossos eventos, começamos tocando em choperias, bares, e após um ano de trabalho, realizamos uma edição em uma terça-feira de outubro, onde reunimos 550 pessoas, após esse evento paramos para pensar que: SIM, NÓS PODEMOS MUDAR.

A conseqüência desse evento foi impactante para nós e após isso, fechamos parcerias com empresas de renome no mercado, que nos deu visibilidade no mercado, pois a mídia nos colocou em evidência e grandes parcerias foram fechadas. Resumindo, tudo derivou do Electro Lounge !

As festas Sonar e ArmoniA foram criadas por nós, para casas especíificas e passamos a realizar edições mais FOCADAS do Electro Lounge “ a festa “

 Quem sãoIgor Rocha fale um pouco de suas referências musicais ?

Ouço house desde 1992..DJ Memê, David Morales, Junior Vasquez, Frankie Knuckles sem dúvida foram os principais no inicio.

Hoje sou admirador de vários produtores cito: Erick Morillo, Shapeshifters,  Gui Boratto, MANDY, e com o BOOM venho acompanhando  muita gente boa, em especial novos talentos nacionais, espero um dia que o Electro Lounge torne-se referência para muitos..rs

Este é o dia a dia de Igor Rocha, diga-nos ?

Atualmente vivo do que faço, sou produtor de uma casa na região focada mais para DINNER CLUB, onde ali busco inspiração e visualizo meu futuro como empresário no ramo. Mas parte do meu tempo hoje é para a música.

Em buscar novidades, difundir a marca Electro Lounge para além de nossa região. Meu principal foco hoje é o fortalecimento da marca !

Lá vai na "berlinda" manda: quais são as qualidades que um DJ precisa ter para fazer sucesso no Brasil?

Persistência, amor ao que faz e tentar sempre “fazer diferente”, vejo e acompanho muitas festas em any locais e vejo muita gente se destacando em um meio que “um tenta engolir o outro”.

Facilidades, muitos que não tem talento, tem acesso, ser DJ é moda hoje, alguns pagam para estar no mainstream e fazer exatamente o que todos fazem (na grande maioria) tocar HITS. Nem tenho interesse de citar nomes por aqui, mas a banalização da profissão chega a ser ridícula e inaceitável, tem certos flyers de festa que vejo e me sinto envergonhado as vezes.

Como contratante, Igor Rocha, quais características fazem com que você  booke  esse artista?

Release falso já vi muitos, contra propostas então nem se fala, bookamos  artistas para eles serem atrações em nossos eventos, não pedimos nada em troca.

Em 6 anos de produção já cai em muitos “contos do vigário” sendo que o meu papel era só contratar como citei acima.

Alguns DJs sempre voltam em nossos eventos pelo carisma com o publico, pelo set envolvente e pela humildade que muitos ainda tem, focamos sempre bookar pessoas que agregem a nossa realidade, afinal estamos engatinhando com a cena na região.

Igor Rocha, deixa um blá blá, para ser considerado! você deixaria para os futuros DJs e Produtores da cena nacional?

Se aprimorem, façam diferente, não sejam apenas mais um em um mercado que a cada dia cresce mais.

A prostituição é vasta, faz parte do profissional  fazer média e média é pra ser feita, ninguém entra no mercado sem isso, ainda mais no começo da carreira.

Acho que o principal disso tudo também é focar, se o DJ quer tocar em festa de 15 anos a vida toda, seja o melhor DJ das festas de 15 anos, se o DJ for tocar Funk´N´Rio, Axé, Drum ´N’ Bass, House, Techno Brega ou o que for, se especialize nisso.

Nesse mercado não existe coisa fácil, portanto não desista se seu objetivo é crescer nesse ramo, o meu é !

Tags Igor Rocha - Volta Redonda - RJ - Pullse - Niteroi
Última atualização em Seg, 30 de Julho de 2012 21:07
 

Revista Digital Online

Conecte-se

Busca no site

Mídia: Mag / Portal

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner